Cheoy Lee turbina seu mais recente iate flybridge com o IPS de maior desempenho da Volvo Penta

A partir de dezembro, o iate Bravo 72 da Cheoy Lee passa a ter o IPS1350 da Volvo Penta.
Cheoy Lee investe no mais alto desempenho para seu mais recente iate flybridge com IPS da Volvo Penta

O iate flybridge Bravo 72 da Cheoy Lee em breve passará a ter o D13-IPS1350 da Volvo Penta.

A fabricante de iates lançou no início deste ano o Bravo 72 com D13-IPS1050 da Volvo Penta. AAgora, alguns meses após a entrada no mercado da unidade de maior desempenho da Volvo Penta, o D13-IPS1350, a -Cheoy Lee decidiu incluir ainda mais potência em sua embarcação. Com Cheoy Lee tem sede em Hong Kong, Cheoy Lee tem estaleiros na China continental e nos Estados Unidos, que atendem diversos clientes internacionais.

“Escolhemos o IPS da Volvo Penta por causa do excelente desempenho, da alta relação potência/peso e dos baixos níveis de emissão, ruído e vibração”, afirmou But-Yang Lo, vice-presidente da Cheoy Lee Shipyards North America. “Desde o lançamento do novo conjunto IPS da Volvo Penta, decidimos aproveitar a potência maior para oferecer aos nossos clientes o melhor desempenho possível nesta embarcação.”

Orgulho e tradição na indústria naval
A empresa Cheoy Lee constrói embarcações desde 1870, com uma variedade que abrange desde balsas e rebocadores até a linha atual de iates motorizados de grande porte. Essa empresa familiar se orgulha do compromisso com a mais alta qualidade, das tecnologias pioneiras e de seu belíssimo design.

O Bravo de 72 pés tem capacidade de combustível de 1.060 USG e deslocamento de carga total de mais de 42 toneladas. Fabricado em fibra de vidro, alumínio e aço, e desenvolvido pelo arquiteto naval Howard Apollonio, seu design interior luxuoso com quatro amplos dormitórios foi idealizado por Sylvia Bolton. O iate flybridge é equipado atualmente com dois motores D13-IPS1050 da Volvo Penta.

“Com o D13-IPS1350, os clientes poderão usar a embarcação com velocidades mais altas, e maior manobrabilidade, conforto e segurança, sem impactos no consumo de combustível”, afirma Lo. “Todos esses garantem que, ele seja uma opção atraente para nossos clientes.”

Sempre as melhores opções
O D13-IPS1350 da Volvo Penta é um conjunto integrado que combina o motor D13, o mais recente e potente da marca,  com uma unidade de propulsão IPS atualizada. Por ser um conjunto completo, o novo D13-IPS1350 oferece todas as vantagens tradicionais do sistema para uma conexão integrada do leme às hélices. O IPS da Volvo Penta proporciona uma autonomia de cruzeiro maior, velocidade máxima superior, redução no consumo de combustível e  menos emissões, redução nas vibrações e níveis mais baixos de ruído a bordo em comparação com os motores de centro tradicionais. Sua configuração também oferece mais espaço a bordo.

A unidade de propulsão do IPS foi atualizada para acompanhar o novo motor. O conjunto D13-IPS1350 está disponível em instalações duplas, triplas ou quádruplas, tendo esta última uma potência equivalente a 5.400 hp. Os recursos aprimorados da nova propulsão IPS também podem ser incluídos em unidades IPS existentes.

“Estamos muito satisfeitos, é claro, com a decisão da Cheoy Lee de instalar nosso mais recente conjunto IPS na nova embarcação Bravo 72”, declarou Peter Karlsson, vice-presidente de vendas e marketing da Volvo Penta para a região Ásia-Pacífico. “Já que o D13-IPS1350 é a nossa unidade de motor e propulsão mais potente, temos a expectiativa de que essa, a embarcação terá o mais alto desempenho, com capacidade de ultrapassar 30 nós. Os clientes ficarão muito satisfeitos com o Bravo 72-, com o motor da Volvo Penta.”

A Cheoy Lee Shipyards North America estará no Fort Lauderdale International Boat Show, que acontece de 1 a 5 de novembro, na área Lime Zone AB 4. A Volvo Penta também participará da exposição, nos estandes 1203-1204 e 1225-1226 na área Yellow Zone Engine Tent.

Baixar imagem de alta resolução >