O SONHO DE NAVEGAÇÃO DA FAMÍLIA CHRIST: "NO BARCO, NÓS VIVEMOS O MOMENTO PRESENTE"

Adotar um novo hobby em família foi mais importante do que eles poderiam imaginar. O barco se tornou um lugar onde todos deixam de lado o que estão fazendo e participam juntos de atividades, vivendo o momento presente.

família Christ
Parte da família em casa, em Charleston

Para Caroline e Cali, que adoram visitar a família em Charleston, o barco é uma aventura incrível.

Quando a família Christ comprou o barco, um 2018 Regal 28 Express, eles não sabiam como reagir às novas experiências e responsabilidades inerentes à posse de uma embarcação. No entanto, a vida da família mudou para melhor. O barco se tornou uma peça central na vida de Travis, Coleen e seus filhos Cali, Caroline e Devon (de 23, 20 e 14 anos de idade, respectivamente) em uma época na qual o trabalho e as redes sociais tendem a exigir cada vez mais a nossa atenção.

"É uma ótima oportunidade para deixarmos tudo de lado e passarmos um tempo juntos", diz Travis.

No barco, as várias tarefas são divididas de acordo com os interesses particulares de cada um: preparar os materiais necessários, planejar a rota e a navegação, aprender a atracar e navegar em condições desafiadoras ou até mesmo providenciar a trilha sonora. "Todos participam, conversando sobre seus interesses e aproveitando o momento presente", descreve Travis.

"E não é algo forçado, como um evento de família que marcamos só para obrigar as crianças a sair das redes sociais. É natural, e todos realmente gostam do programa ", conta sorrindo.

Uma nova vida à beira-mar

Devon observa um dos grandes navios cargueiros saindo do porto de Charleston

Charleston tem um dos maiores portos para navios cargueiros dos Estados Unidos.

Charleston tem um dos maiores portos para navios cargueiros dos Estados Unidos.

O histórico de navegação da família começou quando eles se mudaram para Charleston, na Carolina do Sul, uma cidade cercada de água por três lados e que é o destino de muitos entusiastas de passeios náuticos. Àquela altura, as filhas mais velhas haviam saído da casa dos pais, e Travis e Coleen decidiram experimentar um novo tipo de vida na Costa Leste dos Estados Unidos. Foi uma mudança bastante drástica para Devon, o filho mais novo, e o barco também contribuiu para suavizar esse processo, explica Travis.

"Mudar de cidade é um processo complicado para qualquer criança, não importa a idade. O barco facilitou essa transição, embora essa não fosse nossa intenção, e acabou fazendo parte de alguns dos melhores momentos da nova vida dele."

Devon ficou animado em ajudar a família a escolher o Regal 28 Express equipado com um motor Volvo Penta de 350hp. O garoto, que não sabia quase nada sobre embarcações, começou a passar muito de seu tempo livre no barco conversando ou aprendendo sobre navegação e pesca.

"Tem sido ótimo, ele aprende bastante coisa nova e também se diverte com os amigos", diz Travis.

Pai e filho: uma boa equipe na água

A área do porto de Charleston é de difícil navegação, com marés traiçoeiras, correntes fortes e muitas áreas rasas que exigem atenção. A família teve que aprender bastante sobre navegação e começar a utilizar o barco com muito cuidado.

"Devon foi quem mais aprendeu as coisas, ele sabe muito mais sobre barcos do que eu. Nós navegamos juntos com bastante frequência, formamos uma equipe muito boa no mar", diz Travis.

Nos fins de semana, a família reunida sai para praticar esqui aquático, pesca, mergulho ou simplesmente para passear. Às vezes eles velejam até Myrtle Beach, fazendo um passeio de quatro horas na direção norte do canal intracosteiro, ou seguem na direção sul até Savannah. Em algumas ocasiões, chegam a passar a noite no barco. Entretanto, geralmente eles fazem passeios que duram poucas horas, no final da tarde (dependendo da época do ano) ou de manhã cedo.

"Já fizemos vários passeios em que saímos no escuro, às 4h da manhã, e esperamos o sol nascer. Dá para navegar em quase qualquer horário", revela Travis.

A bordo do 2018 Regal 28 Express, a família Christ costuma cruzar o Rio Ashley, em Charleston

O motor Volvo Penta estava no topo da lista de prioridades da família

Durante sua adolescência no Arizona nas décadas de 1980 e 1990, Travis e sua família velejavam nos lagos do deserto da região a bordo de um barco equipado com um Volvo Penta – uma experiência de navegação totalmente diferente, na visão dele. Os passeios nos lagos do deserto foram substituídos pela navegação na água salgada, em meio a golfinhos saltadores. No entanto, uma coisa permaneceu a mesma: a afinidade dele com a Volvo Penta, que serviu como critério na pesquisa por um barco que atendesse às expectativas da família.

"O motor Volvo Penta estava no topo da minha lista de prioridades. Nós navegamos por 50 a 100 milhas mar adentro. Precisamos colocar à prova a força mecânica do barco e saber que podemos confiar no nosso motor. No fim das contas, confiança é tudo. O Volvo Penta tem uma ótima reputação na indústria naval há décadas. Além disso, com base na minha própria experiência, eu sabia que podia confiar bastante nesse motor", atesta Travis.

Ele está animado para navegar junto com a família e, de quebra, conhecer mais sobre a história de Charleston, que remonta à época dos primeiros colonos da América do Norte. O barco contribuiu para realizar esse sonho.

"Acho que todo mundo que compra um barco tem algum tipo de sonho ligado a ele. No caso da minha família, conseguimos equilibrar as relações familiares e nossa vida de forma geral, o que é excelente”, finaliza Travis.

motor Volvo Penta usado pela família Christ

O motor em que a família Christ confia

Confiabilidade foi a palavra-chave para a família Christ escolher um barco equipado com o motor Volvo Penta.

Volvo Penta V8-350-C/DPS

Related News